Skip to content

Emmy Recap – 2ª Parte

6 06UTC setembro 06UTC 2009

O Emmy Recap continua a mil! E dessa vez, episódio a episódio, duas séries completamente opostas: Breaking Bad e Family Guy

Breaking Bad:

Breaking Bad

2×01 – Seven Thirty-Seven clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×02 – Grilled clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×03 – Bit by a Dead Bee clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×04 – Down clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×05 – Breakage clip_imageclip_imageclip_image

2×06 – Peekaboo clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×07 – Negro Y Azul clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×08 – Better Call Saul clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×09 – 4 Days Out clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×10 – Over clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×11 – Mandala clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×12 – Phoenix clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

2×13 – ABQ clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

Média da Temporada: 8,9


O Pior Episódio: Breakage:

Breaking_BadMe surpreendi com esse episódio de Breaking Bad, que na maioria das cenas encheu linguiça demais no modo em que Jesse se embanana quando está com o controle nas mãos, e ainda teve a promoção de Hank depois da morte do Tuco Salamanca, que adicionou pouco à trama momentaneamente.

clip_imageclip_imageclip_image

O Melhor Episódio: Negro Y Azul:

breaking-bad-negro-y-azulA melhor coisa de Breaking Bad é com certeza a sintonia entre os atores Aaron Paul e Bryan Cranston. Nesse episódio, após a tragédia ocorrida com Jesse em Peekaboo, a resistência emocional de Pinkman desaba em seus ombros, cabendo a Walt a tarefa de reorganizar sistematicamente o esquema dos dois. A imagem da cabeça decaptada do policial com a tartaruga ditou um ritmo macabro que perdurou durante os 40 e tantos minutos, com as expressões de tristeza em Jesse, a de medo em Hank, e uma estranha confiança em Walt. Essas expressões fizeram do episódio um épico, com direito a aparição do genial alter-ego de Walt, e uma trilha sonora original de tirar o chapéu.

clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

*                               *                              *

Family Guy:

familu guy

7×01 – Love Blactually clip_imageclip_imageclip_image

7×02 – I Dream of Jesus clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×03 – Road to Germany clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×04 – Baby not on Board clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×05 – The Man with Two Brains clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×06 – Tales of a Third Grade Nothing clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×07 – Ocean’s Three and a Half clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×08 – Family Gay clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×09 – The Juice is Loose! clip_imageclip_image

7×10 – FOX-y Lady clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×11 – Not All Dogs Go To Heaven clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×12 – 420 clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×13 – Stew-Roids clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×14 – We Love You Conrad clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×15 – Three Kings clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

7×16 – Peter’s Progress clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

Média da Temporada: 9,0

O Pior Episódio: The Juice is Loose!

the juice is looseTalvez a famosa richa entre The Simpsons e Family Guy no meu ego, tenha atingido o ápice com esse no mínimo ultrajante episódio. Fora que a história em si é uma cópia mal-formulada de um episódio genial nos primórdios das temporadas dos amarelos (eu não me lembro qual), onde uma cantora country se aloja na casa dos Simpsons como fujitiva e acaba emocionando a todos por sua triste história. Nessa paródia de Family Guy, as piadas sobre a amizade com OJ Simpson foram repetitivas, além de uma inócua e até certo ponto idiota participação de um fake mal escolhido de Homer Simpson. Fica na memória como o pior episódio de Family Guy que eu já vi.

clip_imageclip_image

O Melhor Episódio: I Dream of Jesus:

i dream of jesusPor mais irresponsável e desafiador que seja o roteiro de Seth McFarlane ao longo das temporadas de Family Guy, é praticamente impossível não se pegar gargalhando das situações mais desconcertantes e importunas nos episódios mais ágeis e simplificados à pura sátira. A pura sátira que me refiro, nessa temporada foi exponenciada a um grau acima que geralmente é elevada por um episódio que não se preocupou em dar características, reinventar situações, nem distorcer questões dogmáticas, somente incluir uma personalidade icônica como Jesus em um mundo em que eu e você conhecemos, retocando com maestria situações que se cabem à celebridades de Hollywood, em um novo campo de visão onde a realidade de Seth McFarlane parece não ter fim. Peter viciado pela música Surfin Bird, Brian e Stewie destruindo o CD, e lógico, os traços “humanos” de Jesus como na cena da cadeia, ficam facilmente na memória dos fãs, e rendeu a indicação de melhor dublagem a Seth McFarlane pelo episódio. Merecido!

clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

Anúncios

From → Premiações

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: