Skip to content

Aproveitando o feriadão (em certo ponto):

9 09UTC setembro 09UTC 2009

Mesmo que ficar sexta-sábado-domingo-segunda sem fazer nada pode parecer coisa de vagabundo, até que deu pra aproveitar esse hiato com coisas úteis, como dar uma segunda chance para séries que eu larguei, ou finalizar algumas séries pendentes:

* Desisti de Greek. E agora só uma coluna super bombástica do Michael Ausiello, dizendo que a série é mega legal, me faz voltar a ver. Casais que se desencontram, namorados fake, e gente que não para de viajar é tão clichê… Desisti.

* Vi os 3 primeiros episódios de 10 Things I Hate About You, a guilty-pleasure do momento. Odiei. Vi mais 3 episódios, só para ver no que dava. Conseguiu piorar. Para entender a ruindade da coisa, imaginem a cara-de-nada do povo de 90210, elevem ao quadrado, e somem lições bocós da vida na adolescência e blablabla. Pronto.

* Acabei de ver Sons of Anarchy, e fiquei com a primeira impressão desde o piloto. É uma série muito boa, mas muito seletiva. Tem que aproveitar cada cena sem se preocupar, nem ficar querendo voltar atrás para ficar entendendo o que aquelas cenas de violência querem dizer. Verei a 2ª temporada por pura inércia, já que a série não combina em nada com tudo o que eu gosto.

* De surpresa, peguei no começo de manhã na HBO o último episódio de Generation Kill, que era justamente o que faltava para ver. Que minissérie boa, merece ganhar todos os Emmys dos quais está concorrendo. Tem até aquele climinha de “Daybreak” no fim para deixar claro que tudo acabou da melhor forma impossível.

Ainda peguei na metade Barry My Heart at Wounded Knee, o filme que mostrou ao mundo o “algo a mais” da Anna Paquin na TV. Quem domina o filme é o August Schellenberg e o Aidan Quinn, mas vale muito a pena conferir. Meio western, meio drama romântico, um roteiro perfeito, e o primeiro índio sarcástico da TV.

* Charlaine Harris vai fazer ponta em True Blood? Como assim?

* E o que  Up! está fazendo no Scream Awards? A propósito, True Blood está concorrendo a tudo o que pode, a tá na cara que vai ganhar um monte de prêmios. Minha torcida entre os filmes fica para Arraste-me para o Inferno (Drag Me To Hell). Link da página de votação aqui.

* Brasil 3×1 Argentina. Sem comentários…

Anúncios

From → Sem categoria

One Comment
  1. Nossa, não vejo nenhuma dessas séries que você comentou, à exceção óbvia de “True Blood” (não sabia disso). E já votei no Scream Awards – “Up” é considerado um filme de fantasia e concordo com essa classificação…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: