Skip to content

Comédias – Glee e Hung:

15 15UTC setembro 15UTC 2009

Enquanto Hung desanima cada vez mais, Glee melhorou bastante, se for comparar com o piloto. Mas nada que me anime muito nessas duas comédias…

hungHung 1×09 – “This is America” or “Fifty Bucks” (Rebecca Creskoff) : Ah, que pena, mas a realidade é: Hung não sabe, ou não quer engatar a marcha. Mesmo que toda a história do “American Dream” funcione com todos os personagens, já faz um tempo que o roteiro vem dependendo do talento dos atores para que garanta pelo menos uma risada. Os questionamentos de Ray sobre Jemma, e a historinha boba de Tanya só confirmam isso. E Lenore entra no hall de participações especiais que roubam a cena, e graças a ela, a trama parece que vai andar, já que é quase óbvio que sua amizade com Jessica vai levar a ex-mulher ao prostituto do pedaço. Vamos ver…

clip_imageclip_imageclip_image

gleeGlee 1×01 e 02 – Pilot/Showmance (n/a): Não confundam o fato de não ter MVP com a qualidade da trama. No primeiro episódio cheguei a apelidar a série de “Gleechê” de tantas figurinha fáceis que se apresentavam e arrancavam uma bela voz. No segundo episódio a trama amadureceu mais com o roteiro, mas mesmo assim, não consigo achar nenhum ator/atriz que seja O/A cara dos episódios. A história é: jovens losers que sabem cantar, e um garoto charmoso (lê-se sedução adolescente) que larga o time da escola para cantarolar. Poético? Pra mim, nem um pouco. O que mudou do piloto para o segundo episódio pra melhor (e muito melhor), foi o roteiro do Ryan Murphy, deixando para lá apresentações bocós dos personagens (como a sofrível cena do nerd sendo enfiado no armário e aparece o galã com pinta de heroi e… ah, sofrível), e se concentrando mais no humor negro e no teor musical (que até é bem legalzinho). Não é uma maravilha, mas dá pro gasto enquanto outras séries não chegam.

1×01 – Pilot clip_imageclip_image 1×02 – Showmance clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

*                               *                              *

Em breve, True Blood, que ultrapassou os limites do trash…

Anúncios

From → Sem categoria

2 Comentários
  1. Vinícius P. permalink

    Nossa, eu amei o primeiro episódio de “Glee”!!! Acho que tem uma série de clichês sim, mas esse é o estilo do Ryan Murphy: surpreender o espectador com uma trama muito comum às séries do gênero teen.

    • Já pra mim, pelo menos no piloto, é imprescindível que o roteiro exclua historinhas fáceis, que no geral, tiram toda a originalidade que a série tem. Por isso, em pilotos, eu não perdoo clichês, mas ainda tenho muitas expectativas em Glee…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: