Skip to content

SyFy: FlashForward e Fringe

23 23UTC setembro 23UTC 2009

flash_forwardFlashForward 1×01 – No More Good Days (Joseph Fiennes, Sonya Walger): É difícil falar de um piloto de uma série syfy, porque eles sempre garantem a mesma coisa: tensão e um cliffhanger no final. Esta série foi além. Um roteiro esperto, uma edição de som magnífica, assim como a montagem, além do elenco bastante promissor. Tem personagens canastrões? Tem. Tem criança que bota medo e fala em metáforas? Tem. Tem cenário apocalíptico à-la “O Dia Depois de Amanhã”? Tem. Estou ansioso para ver o próximo? Sim. A história dos 2 minutos e tantos segundos foi uma sacada muito boa, e pode dar inúmeros ganchos satisfatórios, além dos coadjuvantes, que parecem ser densos e complexos, mesmo que a noção do próprio “apagão” ter mudado o futuro em si, a premissa parece ser clara ao dizer que nada muda o destino. Só espero que a partir do próximo episódio, o uso dos flashforwards não fique desgastado, a ponto de ser um RG da personagem para cada cena. Um ótimo piloto!

clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

fringeFringe 2×01 – A New Day in the Old Town (John Noble): Fringe voltou em grande estilo depois da ótima 1ª temporada. O incidente com Olivia foi de prender o fôlego, desde o momento em que ela é arremessada do carro, até a sequência da perseguição no hospital. A perseguição, sem Olivia, foi feita por Peter, Charlie e a nova agente, Amy. Walter, como sempre, é o personagem mais interessante do episódio, com suas constantes desconexões do necessário, e sua preparação para o aniversário de Peter, mesmo que o Peter diante de seus olhos não seja o verdadeiro, e o ator John Noble, como sempre, perfeito nas expressões. Mesmo que a história do shapeshifter já esteja passada, minha principal ressalva negativa sobre a série continua sendo as atuações. Anna Torv e Joshua Jackson estão muito abaixo das minhas espectativas, um constraste com os ótimos efeitos especiais e o eficiente roteiro.

clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

Anúncios

From → Sem categoria

2 Comentários
  1. Ainda não vi “FlashForward”, mas estou super ansioso. Já “Fringe” começou a temporada ainda melhor do que imaginava.

  2. Jéssica permalink

    Ainda não vi Flashforward (2), e gostei muito de Fringe, só não entendo pq o John Noble não foi indicado ao Emmy!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: