Skip to content

Comédias – Parte 3

27 27UTC setembro 27UTC 2009

securedownload-500x333Bored to Death 1×01 – Stockholm Syndrome (Jason Schwartzman, Ted Danson): Não sei se foi pelo ritmo, pela fotografia, pelas atuações, não sei, só sei que achei o piloto de Bored to Death a melhor coisa que vi há muito tempo. Se antes me queixava que Hung era uma comédia, que além de não me fazer rir, ainda era estagnada, o piloto de Jonathan Ames (sim, o produtor executivo deu seu nome para o personagem principal) foi ágil, completo, e engraçado, enfim. Jason Schwartzman dá um show na pele do romancista que resolve dar uma de detetive seguindo os passos dos próprios romances que ele lê. O roteiro é milimétrico, o personagem carismático, a direção competente e sem exageros, resultado: a melhor estreia da Fall Season!

clip_imageclip_imageclip_imageclip_imageclip_image

entorageEntourage 6×10 – Barried Alive (Jeremy Piven, Kevin Dillon, Rex Lee, Jerry Ferrara): Agora é guerra! E uma guerra inimaginável para quem acompanha a temporada desde o começo. Lloyd, de escravo e aprendiz, muda sua vida e passa a disputar o mundo do showbizz com o patrão! OK, nesse episódio foi só o Drama, mas uma vez desafiado, o ego de Ari Gold não vai parar enquanto Lloyd não estiver trucidado. Fora que o Johnny Drama deu um show a parte nesse episódio, com sua preocupação com o futuro, e sua cena com Ari no escritório. E não foi só isso: a história mais sem-graça de toda a série, a de Eric e seus relacionamentos, parece que vai dar uma guinada, já que a personalidade de Ashley se mostrou por completo na cena do jantar, e ao menos que ele seja muito idiota, a dentucinha é carta fora do baralho. E ainda teve tempo para a (talvez) penúltima participação de Jamie-Lynn Sigler na série, já que a atriz entrará em Ugly Betty, e a revelação de que ela irá filmar na Nova Zelândia no fim do episódio foi uma explícita preparação de terreno para sua saída. Simplesmente o melhor episódio da temporada até agora!

clip_imageclip_imageclip_imageclip_image

5x01How I Met Your Mother 5×01 – Definitions (Neil Patrick Harris):Desde a última temporada, HIMYM tem adotado um roteiro que oscila entre a bobeira e a genialidade, se bem que a bobeira dominou o quarto ano, o pior da série com certeza. E aí, chega o quinto ano e… bobeira! O episódio foi até legalzinho, principalmente e tão somente pela Lilly e o “relacionamento” dela com Robin e Barney. Aliás, acho que eu nunca simpatizei com o casal Barney e Robin, mesmo que no fim os dois fiquem juntos mesmo (se bem que no casamento do Ted a Robin tava com uma cara…). Bom, e as aulas de Ted de arquitetura para economistas foi muito bobinha, tipo, eles pagam universidade para serem confundidos e é isso? Ah, não gostei… mas repito, não foi de todo ruim.

clip_imageclip_imageclip_image

3x01The Big Bang Theory 3×01 – The Electric Can Opener Fluctuation (Jim Parsons): Premieres podem não ser indícios de nada, principalmente em comédias, onde um episódio não necessariamente cria ganchos para os próximos, mas no caso de The Big Bang Theory, dois acontecimentos me chamaram atenção, e podem (talvez) serem uma pista do futuro da série. Primeiro, uma certa insensibilidade de Leonard, Howard e Rajesh para com Sheldon e os resultados da pesquisa no Pólo Norte, pois desde a primeira temporada, a amizade dos quatro era o que mais me irritava na série, agora, uma certa instabilidade pode levar a trupe dos nerds a um atrito mais coeso, e não as briguinhas superficiais anteriores. Outro acontecimento do episódio foi o esperado “momento” de Leonard e Penny, que eu achei beeeem atrasado, mas quando aconteceu, sei lá, parece que ficou estranho, bobo, lacônico demais, sei lá, não gostei. De resto, o episódio foi bem engraçado, mas confesso que não esperava um episódio assim…

clip_imageclip_imageclip_image

*                               *                                *

Ihhh, The Beautiful Life já foi cancelada, que zica, que bom que eu desisti no primeiro episódio…

*                               *                                *

Estou programando 4 estreias que não são bombásticas para fazer posts e acompanhar até o final. Por enquanto, já vi Modern Family, Community e The Good Wife e gostei das três, mas falta uma, e não tô com a mínima vontade de voltar a ver Melrose Place, quero passar longe de Cougar Town, e Eastwick me lembra Charmed, a pior série de magia, feitiço, sobrenatural e blablabla que já existiu. Ghost Whisperer perto dela é Mad Men… Então, ainda vou esperar pra ver se aparece alguma candidata…

*                               *                                *

Só ontem consegui ver “Waivers of Extraditions”, o último episódio da primeira parte da temporada de The Closer. Gostei muito, a temporada (como sempre) está ótima…

Anúncios

From → Sem categoria

One Comment
  1. Vinícius P. permalink

    De todos o que mais gostei foi o de “Bored to Death”, a série realmente promete. Esperava mais desse de “Entourage”, para mim foi tão mais ou menos quanto os anteriores. “How I Met Your Mother” e “Big Bang Theory” tiveram um início de temporada sem graça, mas confio que melhorem daqui para frente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: