Skip to content

Os 10 Melhores Episódios de Outubro – Drama

17 17UTC novembro 17UTC 2009

10° Lugar: Dexter 4×05 – Dirty Harry

Não foi um episódio de todo ruim. Mas também não foi nem perto um bom sucessor a Dex Takes a Holiday. O filler mostrou o trauma de Debra (Jennifer Carpenter é uma péssima atriz) após a morte de Lundy, a tentativa de Dexter de pegar o Trinity Killer, e… Rita. Morra Rita. Então, voltando a Dexter, se ele ouvisse menos a voz cafona que existe dentro dele, talvez o Trinity Killer estivesse já morto, e como não foi, a cena inicial mostrou que ainda há muita coisa a ser mostrada sobre o personagem. Vamos ver. Nota: 8,0

9° Lugar: The Good Wife 1×04 – Fixed

A história de The Good Wife pode ser dividida entre duas vertentes: os casos que Alicia leva para o tribunal, que garantem o clima de Boston Legal que é o que eu mais amo em séries assim, além da vida (e do escândalo) pessoal de Alicia, com os embróglios do marido, que está preso. Se fosse para escolher um dos dois, escolheria os casos jurídicos sem pestanejar, e esse episódio, com uma trama envolvente e inteligente envolvendo a indústria farmacêutica, regado com as ótimas atuações de Julianna Margulies e Christina Baranski. Grande episódio! Nota: 8,0

8° Lugar: Fringe 2×05 – Momentum Deferred

Eis um episódio de Fringe acima da média. E o adeus a Charlie, que eu achei que não seria nada demais, foi até emocionante, e a trama dos metamorfos (tirando a máquina de escrever) é a melhor coisa que os roteiristas já inventaram até agora. Mas… acho que sou o único que acha, que, pelas bizarrices (às vezes desnecessárias) que acontecem na vida dos agentes, me surpreendo com a facilidade com que eles se recuperam dos traumas, ou das pessoas que, tipo, explodem na sua cara… mas tudo bem, é uma ótima série, e um ótimo episódio. Nota: 8,5

7° Lugar: The Good Wife 1×03 – Home

Anteriormente disse que prefiro quando Alicia se envolve em tramas jurídicas do que em tramas pessoais. Pois bem, nesse terceiro episódio, a série mesclou as duas “vidas” de Alicia e expôs mais um ótimo episódio, o melhor da temporada para mim. A trama do conhecido de Alicia se desenrolou à medida que uma parte de sua antiga vida voltasse a perturbar sua nova vida como advogada, e mesmo que como a simples “boa esposa” ela teria menos preocupações e atribulações, a cena final mostra que é longe da bolha onde sua ex-amiga vive é que ela decide seguir. É por isso que eu prefiro Alicia advogada, do que Alicia preocupada com o marido. Nota: 8,5

6° Lugar: Dexter 4×04 – Dex Takes a Holiday

Eis um episódio digno da segunda temporada que Dexter apresentou e nuca mais se viu coisa igual. Tenso e dramático na medida certa. Mas… seria o pior episódio da temporada, com certeza. Bom, em Dex Takes a Holiday, Dexter volta aos trabalhos, agora a vítima é uma policial assassina, que foi muito mal interpretada, mas a trama em si rendeu ótimos momentos. Mas o grande momento foi com certeza o atentado a Lundy e Debra, que matou o agente, e deixou a irmã de Dexter ferida.Nota: 8,5

5° Lugar: Friday Night Lights 4×01 – East of Dillon

Foi muito bom rever todos os personagens que já provaram ser parte de uma das melhores séries da atualidade. Mas poderia ter sido melhor. Por mais que eu quisesse acreditar que o East Dillon High tem seus motivos para ser tão violento e tal, eu simplesmente não consigo mais engolir os alunos problemáticos de sempre que usam corrente de ouro, ou something. Sério. E no fim, quem roubou a cena foi a Tami escolhendo o ataque no jogo dos Panthers, estragando a tático do time do outro lado da cidade. Estreia muito boa, que poderia ter rendido mais. Nota: 8,5

4° Lugar: Mad Men 3×09 – Wee Small Hours

Episódio que mostra que a série não ganha tantos Emmys de pura fama. Mesmo em um episódio, onde pouca coisa aconteceu, mas o que aconteceu foi muito bem explorado. Don, que recebeu o fardo de ser o garoto dos olhos de Connie Hilton, e decide tentar de tudo para seduzir a professora de Sally, até mesmo dirigir pela madrugada à sua procura. E Betty, que se envolve com Henry Francis de uma forma mais intensa do que imaginava, ao contrário do marido, decide recuar e preservar-se para Don. Mas quem roubou a cena mesmo foi Sal, que recebeu uma proprosta indecente de um cliente, e acaba ouvindo um conselho inesperado de Don. Nota: 9,0

3° Lugar: House 6×01 – Broken

A premiere da temporada de House já pode ser chamada de um evento da série. A temporada de House em uma clínica psiquiátrica rendeu ótimos momentos dramáticos, e alguns momentos cômicos, embora algumas situações me pareceram forçadas. Hugh Laurie estava perfeito no papel, assim como Andre Braugher e Lin-Manuel Miranda, o que fez com que todas as cenas, mesmo as propensas a não dar em nada, tiveram um toque especial dos atores. Nota: 9,0


2° Lugar: Mad Men 3×07 – Seven Twenty Three

Esse é com certeza, o episódio mais diferente que a série já apresentou, e mesmo que o esquema das indas e vindas no episódio não seja muito convencional em séries do estilo de Mad Men, o resultado final foi quase perfeito. O episódio trouxe três cenas esparsas que tinham suas definições explicadas ao decorrer dos 40 e tantos minutos: Peggy na cama com outro homem, Betty deitada confortavelmente em um sofá estranho, e Don caído em uma sala. Cada situação é tratada com maestria, sobrando até algumas cenas reveladoras. Nota: 9,5


1° Lugar: Mad Men 3×11 – The Gypsy and the Hobo

Um episódio que entra facilmente como um dos melhores episódios do ano, que trouxe a revelação da identidade de Don Draper (ou Dick Whitman) para Betty, uma sequência que merece aplausos, principalmente pelas atuações de January Jones e Jon Hamm. E se somente os dois já não bastaram para a perfeição do episódio, revimos Joan e seu (pateta) marido, que vê um horizonte agora na carreira militar. Vale também ressaltar o trabalho de Christina Hendricks, cada vez melhor no papel de Joan. Perfeição é o que resume este episódio. Nota: 10,0


Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: