Skip to content

Um post de fim de ano, com gosto de festa e season finale, pra comentar tudo o que eu ainda não comentei

31 31UTC dezembro 31UTC 2009

Então, sem mais delongas:

O finale de Dexter: Cabível no meu nível de perfeição, mas eu não fiqui boquiaberto, nem sem respiração, nem nada com o final. Foi suportável ver a Rita morta na banheira (e mais alguém acha que a cena foi super mal-enquadrada ou eu sou o único?), até porque os produtores velaram o fim a sete-chaves, parecia até fim de novela brasileira, a diferença é que aqui a Tititi sempre consegue descobrir o final. Pois bem, mesmo com a resolução ridícula do atirador da Debra, “Hello, Dexter Morgan” foi legal, e “The Getaway” foi sensacional. E tomara que o Dexter não tenha que cuidar dos filhotes malas da IrRita, seria uma herança cruel da irritante personagem. Foi uma quarta temporada bem irregular, mas com um final arrebatador (e eu já vi esse filme antes com a 5ª temporada de Lost).

A finale de Californication: Acho que estou completamente sozinho nessa, mas adorei o fim dessa terceira temporada, com Hank Moody voltando a ser a versão XXX do Larry David, e acabando na fossa novamente. E a cena da Becky contando para o pai o que aconteceu em “Zoso” foi sensacional, mesmo eu ainda achando a Madeleine Martin bem fraquinha.

A finale de It’s Always Sunny in Philadelphia: Não há nenhum episódio na história de IASIP que tenha sido ruim. Constrangedor sim, mas ruim nunca. E esse fim de temporada foi uma beleza de episódio, já que teve tudo o que eu gosto: Danny DeVito com sua pose de bêbado, Charlie com sua pose de maníaco, e o Glenn Howerton não fazendo caricaturas (o que, incrivelmente, ele fez em muitos episódios dessa temporada, chegando ao ponto de estragar alguns). Mas, estou confuso. A cada temporada que passa, cada vez mais os personagens vão ficando inteligentes e sarcásticos, o que me deixa preocupado. De séries inteligentes e sarcásticas, eu já tenho 30 Rock e The Office, não quero mais uma, mas pensando na possibilidade de ver Danny DeVito sarcástico já me enche os olhos… então, estou confuso.

Os episódios natalinos, analisando cada um: O de “The Office” foi meio confuso, tentando equilibrar um monte de histórias ao mesmo tempo, mas no geral foi ótimo. O de “Parks and Recreation” foi o piorzinho, e eu nem sei porquê, acho que foi a história do escândalo, que poderia ter rendido mais. O de “The Big Bang Theory” foi um pouco decepcionante, mas a Christine Baranski é sensacional e é isso o que importa (até porque achei a cena do beijo bem morna). “Community” e “Modern Family” apresentaram episódios legais, como de costume, mas faltou comédia e sobrou espírito natalino, que deixou as coisas meio conto-de-fadas. O de “30 Rock” se sustentou mais nas cenas isoladas, porque a historinha do Jack e da Julianne Moore foi mal conduzida, mesmo as atuações estarem muito boas. E a Jenna sangrando de raiva foi demais.


Minha iniciação com a segunda temporada de Sons of Anarchy: Um episódio muito bom, e outro bem over. Na season premiere, eu até simpatizei com a história proposta, mesmo achando que a “albificação” seja a coisa mais absurda que eu já vi fazerem sobre o neo-nazismo, tipo, uns caras super-ricos que, ao invés de combaterem os negros e latinos tirando suas oportunidades no mercado de trabalho comum, chegam a uma cidadezinha pequena para não deixar que os negros e latinos vendam drogas. É isso? E se, de repente, os negros e latinos começassem a… trabalhar honestamente? Fuém. Além de desprezíveis, os neo-nazistas agora são anti-elitistas. E no segundo episódio, meu ódio pelo Opie aumentou em 100%, graças a cena dos tiros à câmera lenta. E eu também odeio o pai do Opie, e o velinho que deu o vômito mais sem-graça da TV. E o que foi a cena em que eles decidem entrar para o ramo pornográfico? Credo, que coisa cafona. Ainda bem que a Jemma e a namorada do (mala) Jax sempre salvam todas as cenas de qual participam. E o Jax tem muita sorte, fala sério.


E o fim de temporada de The Closer: Eu nem sei mais porque eu fico na dúvida se The Closer vai entregar um episódio burocrático, tipo o Quentin Tarantino em C.S.I., ou um episódio sensacional, como foi esse “Dead Man’s Hand”, com Mary McDonnell e tudo .E o mais engraçado é que eu nem achava a McDonnell uma atriz magnífica em Battlestar Galactica, mas gostei de cara do seu personagem em The Closer (tirando seu uniforme policial, que fez a coitada parecer uma terceira integrante de “Chips”). Então, minha connstatação com essa ótima temporada, é que Brenda Leigh Johnson é minha Jack Bauer feminina. Nunca torcia tanto pra alguém desde Sidney Bristow. Brenda rules!

*                                           *                                               *

10 Melhores Filmes do Ano, parte final, agora sem “O Cavaleiro das Trevas”, que eu esqueci que vi no ano passado:

Pois é, eu não resisti a Avatar...

1) Avatar

2) Bastardos Inglórios

3) O Lutador

4) Quem Quer Ser um Milionário?

5) Milk – A Voz da Igualdade

6) Frost/Nixon

7) A Garota Ideal

8 ) A Partida

9) A Onda

10) (500) Dias com Ela

*                                        *                                      *

E no ano que vem, publicarei minha temida lista de 10 filmes preferidos da década, as 20 melhores séries da década, e tentarei criar minha conta no Twitter. Até lá! Feliz 2010!

Anúncios
2 Comentários
  1. Não gostei da temporada de “Dexter” e o final não me surpreendeu muito. Enfim, fica o desejo de melhoras para a próxima. Ainda não vi as demais. Ótimas escolhas para filme do ano, os dois primeiros são meus favoritos.

    Um ótimo 2010 para você!

    • Sabe que eu tenho a sensação de que daqui a uns 3 anos eu vou achar esse fim de temporada de Dexter cafona?

      Um ótimo 2010 pra você também, espero visitar seu blog com mais constância…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: