Skip to content

Melhores da Temporada – Parte 6

27 27UTC julho 27UTC 2010

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Cômica:

Jane Lynch (Glee)

Quando eu vi Jane Lynch pela primeira vez no piloto de “Glee” eu pensei: “Putz, por que você não continuou em “Party Down”, mulher?”. A questão é que Jane Lynch é uma atriz muito maior que a própria série, e sua presença, mesmo que secundária, é o centro das atenções sempre, e acho que Ryan Murphy percebeu isso. Talvez ela ainda apareça muito pouco para a grandeza que sua personagem aparenta, mas Jane Lynch e sua Sue Sylvester são as presenças mais marcantes da temporada.

Outras Indicadas: Alison Brie (Community); Jane Krakowski (30 Rock); Rosemarie DeWitt (United States of Tara); Sofia Vergara (Modern Family); e Vanessa Williams (Ugly Betty).

Ano passado a vencedora foi: Kristin Chenoweth (Pushing Daisies)

Melhor Ator Coadjuvante em Série Cômica:

Nick Offerman (Parks and Recreation)

Pra mim, Nick Offerman foi uma presença quase nula na 1ª temporada de “Parks and Recreation”. E qual foi a minha surpresa ao perceber o quão era engraçado o chefe de Leslie! Nick Offerman mostrou ao longo da temporada uma regularidade impressionante, tanto na sua química com Amy Poehler, quanto nas suas storylines isoladas (como quando ele dividiu cena com Megan Mullally no episódio “Ron and Tammy”). É o melhor ator coadjuvante até com uma certa folga, e já estou até pensando em considerá-lo ator principal no ano que vem.

Outros Indicados: Chevy Chase (Community); Eric Stonestreet (Modern Family); Luis Guzmán (How to Make It in America); Ted Danson (Bored to Death); e Ty Burrell (Modern Family).

Ano passado o vencedor foi: Jack McBrayer (30 Rock)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática:

Khandi Alexander (Treme)

Eu amo Elisabeth Moss, amo Cherry Jones e amo Chloe Sevigny, por isso essa é a categoria que eu mais demorei para me decidir. Kandhi Alexander é uma atriz que apareceu em uma série péssima (C.S.I. Miami), o que me levou a pensar que LaDonna não seria uma personagem muito marcante. E eu me surpreendi. MUITO. Kandhi Alexander já vinha desempenhando muito bem seu papel desde o início da série, mas a partir do quinto episódio (“Smoke My Piece Pipe”) sua personagem foi crescendo, e a atuação da atriz também, até chegar em um ponto em que sua qualidade chegou simplesmente à perfeição. É a maior surpresa da temporada.

Outras Indicadas: Cherry Jones (24); Chloe Sevigny (Big Love); Christina Hendricks (Mad Men); Elisabeth Moss (Mad Men); e Sandra Oh (Grey’s Anatomy).

Ano passado a vencedora foi: Elisabeth Moss (Mad Men)

Melhor Ator Coadjuvante em Série Dramática:

Terry O’Quinn (Lost)

John Locke sempre foi meu personagem preferido de “Lost”, mas eu sempre sentia que o misticismo em volta dele não era o foco principal que a série deveria explorar. Mas não há mais do que reclamar, já que na última temporada de “Lost”, Terry O’Quinn nem era mais John Locke (pelo menos na parte “interessante” da história). Ao contrário, agora ele era o principal vilão da série, e literalmente, a fumaça negra que pairava a ilha. Gostando disso ou não, eu tenho que admitir que O’Quinn assumiu a causa do Lockezilla e defendeu o personagem com afinco. Poxa, no último episódio da série, eu era #teamLocke!

Outros Indicados: Aaron Paul (Breaking Bad); Dean Norris (Breaking Bad); John Goodman (Treme); John Noble (Fringe) e Tate Donovan (Damages).

Ano passado o vencedor foi: William Shatner (Boston Legal)

Anúncios
2 Comentários
  1. Wow, onde eu assino? Hehehe.
    Grandes escolhas, inclusive se esses candidatos vencessem o Emmy eu ficaria bem feliz – errrr, quer dizer, Offerman e Alexander nem foram indicados, o que é injustificável! Lynch é a melhor coisa de “Glee”. O’Quinn surpreendeu nessa última temporada de “Lost” e merece um Emmy. Os demais foram grandes surpresas em suas séries.

  2. Lynch é meio que unânime, né? A atriz só me faz ser mais fã a cada cena em Glee.

    Offerman foi o que mais cresceu com a evolução de Parks and Recreation de uma temporada para outra, mas não o escolheria como melhor coadjuvante. Eric Stonestreet foi o que mais me agradou nessa categoria, mas já que você considerou o Ty Burrel também, acho que escolheria ele.

    Khandi Alexander está na categoria mais disputada na minha premiação pessoal. Gostei de ver que você também reconhece o trabalho monstruoso que ela fez em Treme.

    Terry O’Quinn se superou esse ano, fuck! Não é de hoje que ele se destaca no elenco de Lost, mas realmente ele fez um trabalho bastante impressivo. E não só como o lostzilla, mas também como o próprio Locke nos flashsideways, em especial no episódio The Candidate.

    Ótimas escolhas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: