Skip to content

A Primeira Temporada de “The Sopranos”

12 12UTC agosto 12UTC 2010

Chega uma hora que só falar porque “The Sopranos” é a melhor série de todos os tempos cansa, e aí temos que provar o porquê. Chegou a hora de começar a explicar esses porquês.

(spoilers leves pra quem nunca viu a série)

Média da Temporada: 8,8

MVP: James Gandolfini

Melhor Episódio: (1×05) “College”

Eu prolongei ao máximo esse post porque eu senti um receio em começar a falar de novo de “The Sopranos” e acabar caindo no mesmo papo de sempre, mas vamos lá.

Pra quem não conhece (dummies), “The Sopranos” foi uma série da HBO, que teve 6 temporadas ao todo, e influenciou a partir de sua produção todas as outras produções subsequentes da TV fechada. É um clássico que mostra a vida de Tony Soprano (James Gandolfini), um mafioso ítalo-americano de New Jersey, que começa a fazer terapia em segredo com a Dra. Melfi (Lorraine Bracco), e por isso se divide sua vida em três: a máfia em decadência, sua mulher Carmela (Edie Falco) e seus filhos, e sua terapia.

No ano passado, eu começei a rever a série desde a primeira temporada, e tive o prazer de rever muitos de meus personagens preferidos de todos os tempos, além das atuações, da direção, etc. Mas não posso deixar de ressaltar que a série vai envelhecendo cada vez mais, e invariavelmente, o brilho da série vai sendo ofuscado pelos tantos projetos que se construíram a partir de seu modelo inovador. É a mesma coisa que aconteceu quando eu começei a perder o interesse por “E.R.” com a chegada de séries médicas mais interessantes como “House” e “Grey’s Anatomy”, mesmo que a estrutura de ambas se assemelhem muito.

Tony doidão em “Isabella”

Mas foi com muita felicidade que eu percebi que alguns episódios ainda não envelheceram o suficiente e continuam me emocionando da mesma forma. O “Pilot”, controverso e violento, já apresenta de forma excelente a história, mas ainda há mais episódios memoráveis, como “Isabella”, onde há um truque de roteiro muito bem arquitetado, embora seja considerado obsoleto atualmente, e a season finale “I Dream of Jeannie Cusamano”, um dos episódios mais tensos de toda a série, com o centro das atenções focados não em Tony e Carmela, mas sim em Tony e sua mãe, Livia, que tem a melhor cena da temporada aqui.

James Gandolfini “matando a pau” em “College”

Porém, nenhum desses episódio consegue superar o tão falado “College”, que ainda hoje, pra mim, é o episódio com a melhor direção que eu já vi na minha vida. É em “College” que o verdadeiro perfil do vilão Tony é mostrado, com sua busca por um inimigo por uma cidade desconhecida, desempenhando o papel de caçador em busca da preza com um sangue frio que deve ter sido polêmica na época, além de ter a primeira participação ativa de Carmela na história, com uma brilhante atuação de Edie Falco.

Livia sofrendo as consequências por dar um fucking smile em "I Dream of Jeannie Cusamano"

E pelo motivo da série ter de mostrar primeiramente o perfil de Tony acima de todos os outros personagens (Carmela e a Dra. Melfi serão retratadas de uma forma mais abrangente a partir da segunda temporada), é que James Gandolfini seja o grande ator da temporada. Ele se encontra totalmente submerso no personagem e passa uma segurança muito grande em todos os episódios, especialmente no piloto, e em “Isabella”, onde o ator é protagonista de uma cena que beirou a inverossimilhança, mas se concluiu de uma forma genial, mérito dele e da direção.

Enfim, pretendo continuar assistindo a série, é uma longa jornada até a sexta temporada, mas tenho certeza de que vai ser muito prazeroso voltar a ver a série da minha vida.

Anúncios

From → The Sopranos

2 Comentários
  1. Vinícius P. permalink

    Uma das séries que ainda preciso começar a ver, é complicado achar tempo com tantas séries novas (mas atualmente vejo “Six Feet Under” e comecei “Alias”, das antigas).

  2. Recomendo que você acabe de ver “Six Feet Under” antes de começar a ver “The Sopranos” então, tentei ver as duas simultâneamente e quase entrei em depressão, rsrs. E “Alias” é ótima, mas só consegue ver até o final quem tem bala na agulha,porque a partir da 3ª temporada, a série só piora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: